Voltar Home
 
Divulgação / PMI

Sabesp implanta coletor-tronco de esgotos no Corredor Oeste

07/07/09
PARCERIA ENTRE PREFEITURA
DE ITAPEVI, SABESP E GOVERNO FEDERAL GARANTIRÁ COLETA E TRATAMENTO DE ESGOTO NA CIDADE

Realizadas com recursos do PAC,
obras têm a meta de garantir coleta e tratamento dos dejetos produzidos em Itapevi

A região central de Itapevi tem se tornado um verdadeiro canteiro de obras, com a realização de diversos serviços por parte da Sabesp e da Prefeitura. Atualmente, máquinas e profissionais de empresas contratadas pela Sabesp ocupam uma faixa da pista do Corredor Oeste, executando a instalação do coletor-tronco de esgotos na via.

A ação tem por objetivo garantir a coleta e o tratamento de todo o esgoto coletado em Itapevi. As empresas também vêm executando serviços na avenida Leda Pantalena, na altura do Jardim Sorocabano. Nos dois locais, o procedimento é semelhante: abrem-se profundas fendas circulares na via, a uma distância de cerca de cem metros uma da outra. Na sequência, uma máquina executa a perfuração, ligando um trecho a outro e implantando os tubos que conduzirão esgotos.

As obras estão sendo tocadas por meio de recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), angariados junto ao Governo Federal. No total, terão sido investidos R$ 45 milhões nas obras, que tem por objetivo conduzir todo o esgoto produzido em Itapevi à Estação de Tratamento São João, em Barueri.

De acordo com as empresas, o coletor-tronco tem 7,5 km de extensão percorrendo, o Corredor Oeste e da avenida Leda Pantalena, além de acompanhar o curso do rio Barueri-mirim até a cidade de Jandira, passando por bairros como Vila Nova Itapevi, Jardim Dona Elvira e Jardim Vitápolis.

Os serviços tiveram início em março deste ano, após reuniões dos representantes das empresas e da Sabesp com secretários municipais e a prefeita Dra. Ruth Banholzer, ocasião na qual foram apresentados os detalhes das obras. “É uma reivindicação antiga dos moradores e da administração municipal, que há anos luta por estas obras. Com a implantação desse coletor-tronco, a população da cidade terá acesso a melhores condições de saneamento básico”, disse Dra. Ruth.

Divulgação / PMI

Operários atuam em fenda aberta na avenida Leda Pantalena

Além das obras voltadas à coleta e tratamento de esgoto em Itapevi, a Sabesp também deve iniciar nos próximos dias a implantação de boosters e extensão de rede de água em diversos bairros da cidade. Viabilizadas também com recursos do PAC, as obras fazem parte de dois projetos da concessionária do serviço de fornecimento de água.

O primeiro projeto contempla 42 mil moradores da região da Vila Nova Itapevi e adjacências, bem como a área industrial da cidade. Será implantado um booster, para melhorar o abastecimento na região, bem como um total de 11.112 metros de rede de água potável. O valor deste contrato é de R$ 4.382.772,78 e as obras deverão ser concluídas em 450 dias.
 
O segundo contrato contempla uma população de 35 mil pessoas, dos bairros Jardim Iracema, Estância São Francisco, Vila Áurea e bairros próximos. De acordo com a Sabesp, serão implantados dois boosters e 3.972 metros de rede, para ampliar a oferta de água tratada na região. Essas obras deverão ser concluídas em 10 meses e o custo do serviço é de R$ 2.059.172,77.